Arquivar 2017

FEIRA INTERNACIONAL DO LIVRO DE GUADALAJARA

Grande evento do mercado editorial e a cada edição demonstrando mais relevância no calendário de eventos do setor, a Feira de Guadalajara congrega editores e demais profissionais da cadeia produtiva da livro do mundo inteiro, que se reúnem para trocar informações e fazer negócios. É uma oportunidade ímpar para negociar direitos de publicação e, principalmente, para expandir os espaços das editoras e obras latino americanas.

A 18ª Feira Internacional do Livro de Guadalajara acontece de 25 de novembro a 3 de dezembro de 2017, em Guadalajara, México e, objetivando incentivar e apoiar as editoras independentes da América Latina, este ano, concedeu aos nossos associados condições especiais de participação no evento, que incluem desconto em passagem aérea, hospedagem e uma mesa no salão de direitos autorais.

Quatro editoras libreiras estarão no evento:

 

 

Lara Kouzmin-Korovaeff é Editora e Diretora de Arte na Semente Editorial desde 2010. Mestranda em História Social da Cultura – PUC/RJ, pós graduada em Arteterapia e Processos de Criação – UVA/RJ, com especialização pela FGV/RJ no curso Publishing Management e graduada em Design Gráfico pela Universidade Estácio de Sá/RJ. Apaixonada pela vida, pela arte e pela literatura. Acredita, como Dostoiévski, que a beleza salvará o mundo.

 

 

 

Juliana Flores é jornalista, produtora cultural e editora da Aletria. Recentemente idealizou e produziu o projeto CURA – Circuito Urbano de Arte. É diretora de eventos da Libre.

 

 

 

Mariana Warth é graduada em jornalismo e Mestre em Produção editoral pela University of the Arts London, atua no editorial da Pallas e da Pallas Míni com Cristina Warth, sua mãe, com olhar para inovação e qualidade dos livros, valorizando a cultura brasileira e o resgate da herança africana brasileira, foco da Pallas há quase 45 anos. Já lecionou em alguns cursos de pós-graduação e é diretora de relações internacionais da Libre.

 

Raquel Menezes é Doutora em Literatura Portuguesa pela UFRJ, onde também cursou a Graduação e o Mestrado. É editora da Oficina Raquel e acaba de lançar em Portugal a OCA editorial. É Presidente da Libre no biênio 2015-2017.

 

 

 

Camila Perlingeiro é editora da Pinakotheke e da Memória Visual. É uma das fundadoras da Libre e atualmente é suplente do conselho fiscal da entidade.

Programação da 17ª Primavera Literária do Rio de Janeiro

 26 de outubro de 2017 – quinta feira

14h

Sylvia Orthoff: Um Ramalhete De Histórias

Com Cristina Villaça e Antonella Catinari

18h

Martinho da Vila conversa sobre o Rio de Janeiro, crônicas e música

Com Martinho da Vila e mediação de Raquel Menezes

 

27 de outubro de 2017 – sexta feira

16h

Edição e autopublicação

Leandro Müller, Paula Cajaty, Mariana Warth e mediação de Leonardo Cazes

18h

SHOW MUSICAL

Música Exteporânea Brasileira (MEB)

 

 

28 de outubro de 2017 – sábado

11h

O Rio de que temos e o Rio que queremos

Com Alba Zaluar, Orlando Zaccone, Adair Rocha e mediação de Lucas Alvares

14h

Poesia e música: experiências de poetas na música brasileira

Com Mauro Santa Cecília, Bruno Levinson e Zé Rinaldi

16h

A crise política e o poder no Brasil

Com Arnaldo Mourthé, Bernardo Kocher e mediação de Rudolph Hasan

18h

Toda comida tem uma história      

Joana Monteleone, Tatiana Damberg, Pedro Asbeg e mediação de Camila Perlingeiro

 

PROGRAMAÇÃO CULTURAL INFANTIL

ESPAÇO INFANTIL QUINDIM

28 de outubro de 2017 – sábado

10h

Oficina de desenho / Caldo Verde

Daniele Geammal e Bruno Dante (Revan)

12h

Contação de histórias, leitura dramatizada, roda de conversa / Xavier

Carlos Carvalho e Venicio Ribeiro (Gramma)

Oficina de artes

16h

Arte Brasileira para Crianças

Isabel Diegues, Márcia Fortes, Mini Kerti ePriscila Lopes (Cobogó)

18h

Oficina especial Clube Quindim

 

 

 

29 de outubro de 2017 – domingo

11h

Darcy Ribeiro, sempre

Com Paulo Ribeiro, Maria José Latgê e mediação de Jesus Chediak

14h

A poesia está na rua

Slam das Minas, Tupinambá Lambido e mediação de Luiz Guilherme Barbosa

16h

Conservadorismo e retrocesso nos dias de hoje

 José do Nascimento Jr., Andrea Pachá, Wanderley Quedo e mediação de Fernando Molica

18h

Posto, logo existo: literatura em tempos de redes sociais

Cristiane Lisbôa, Crib Tanaka, Ernesto Xavier e mediação de Camila Perlingeiro

 

PROGRAMAÇÃO CULTURAL INFANTIL

ESPAÇO INFANTIL QUINDIM

29 de outubro de 2017 – domingo

10h

Bate-Papo e Lançamento / Não me toca, seu boboca

Andrea Viviana Taubman e Thais Linhares (Aletria)

 

12h

Espetáculo Musical e Jogos Iogues /As Aventuras do Menino Iogue

Antônio Tigre e Gustavo Peres (Memória Visual)

14h

Workshop com o autor /Turma da Página Pirata em Tirinhas

Marcelo Amaral (Bambolê)

 

16h

Contação de Histórias e Oficina de Ilustrações / A Joaninha e a Sombrinha

(Maria Elaine Altoé) / A Caverna do Tempo(Regina Frota) com ilustrações de Fran Junqueira (Semente)

 

18h

Oficina Especial Clube Quindim

17ª Primavera Literária do Rio de Janeiro

De casa nova, a Primavera Literária Rio 2017 vai ocupar a histórica Casa França-Brasil, entre os dias 26 a 29 de outubro de 2017, de 10 às 20h.

A casa, hoje um dos mais conceituados museus da cidade, é uma construção dos tempos de D. João VI, projetada pelo arquiteto francês Grandjean de Montigny (1776-1850), e inaugurada em 1820 como a primeira Praça do Comércio do Rio de Janeiro.

A Primavera Literária, o mais tradicional das editoras independentes no Brasil, é um evento que contribui para a movimentação da atividade econômica do setor editorial, para a democratização da leitura e para a discussão de políticas públicas para Livro e da Leitura. É um evento promovido pela Libre – Liga Brasileira de Editoras, que tem como objetivo principal a promoção da bibliodiversidade.

Haverá programação cultural com temáticas efervescentes, Martinho da Vila nos visitará para um bate papo sobre Rio de Janeiro, crônicas e samba e as crianças serão contempladas com o Espaço Infantil Clube Quindim estreando na Primavera Literária. O Clube Quindim é um clube de assinaturas de livros infantis que tem, entre seus curadores, nomes especiais como Ziraldo, Adriana Calcanhotto e Marina Colasanti. O Espaço Infantil Clube Quindim terá contações de histórias e muitas outras atrações.

Acesse a programação completa da 17ª Primavera Literária.

Para acompanhar as notícias da Primavera Literária do Rio de Janeiro, curta a gente no Facebook.

A Primavera conta com apoio dos parceiros: Bibliomundi, Meta Brasil, Publishnews, SEC-RJ & Casa França-Brasil, MetaBooks e Clube Quindim

Primavera Literária de BH 2017

A 3ª edição da Primavera Literária de Belo Horizonte reunirá o mercado editorial independente no Centro de Referência da Juventude de 14 a 17/9.
Este ano, o FLI-BH (Festival Internacional de Literatura de Belo Horizonte) retoma a bem-sucedida parceria iniciada em 2015 com a Primavera Literária da Libre, feira de livros que reúne 45 editoras da entidade e convidadas.
O FLI-BH é realizado pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundação Municipal de Cultura (FMC) em parceria com a terceira edição da Primavera Literária. O evento conta ainda com a parceria cultural do Sesc em Minas Gerais e do BDMG Cultural.
Com o tema Vozes de Todos os Cantos, a segunda edição do FLI-BH propõe trazer à cena a diversidade que a literatura expressa reunindo grupos que movimentam a cena literária na cidade e em diferentes partes do mundo. O festival homenageia a escritora mineira Laís Corrêa de Araújo, personalidade influente no meio literário, que se configura como uma grande intelectual brasileira, pesquisadora, ficcionista, tradutora e ensaísta.
Serviço:
2ª Festival Literário Internacional – FLIBH e 3ª Primavera Literária
De 14 e 17 de setembro
Centro de Referência da Juventude – CRJ (Praça da Estação, s/n, Centro, BH)
Toda a programação é gratuita

ESPAÇO LIBRE NA 18ª BIENAL DO LIVRO DO RIO DE JANEIRO

Em parceria com a Meta Solutions, a Libre – Liga Brasileira de Editoras comparece 18ª Bienal do Livro do Rio de Janeiro, de 31 de agosto a 10 de setembro de 2017.

Esta ação ratifica o propósito da entidade, com a certeza de que a presença de editoras independentes neste evento é uma iniciativa importante para, além de ofertar ao público leitor uma quantidade de títulos ainda maior, promover bibliodiversidade.

O Espaço Libre fica no Pavilhão Verde, entre o espaço de atividades infantis ENTRELETRAS e o espaço do livro digital e conta com confortável área de convivência, onde serão realizados diversos lançamentos, e estandes com as editoras Andrea Jakobsson, Ibis Libris, Jaguatirica, Oficina Raquel, Malê, Mourthé, Pinakotheke e Vermelho Marinho.

No dia 1º de setembro, de 10h a 12h haverá uma apresentação da Meta Solutions no Espaço Libre voltada para editores.

 

Serviço:

18ª Bienal do Livro do Rio de Janeiro

Rio Centro – Av. Salvador Allende, 6555 – Barra da Tijuca

Entrada: R$ 24,00 (inteira), R$ 12,00 (meia)

Espaço Libre

Pavilhão verde, entre as ruas ‘n’ e ‘o’

31 de agosto a 10 de setembro de 2017

10 horas a 21 horas

 

PRÊMIO LIBRE PELA BIBLIODIVERSIDADE

A Comissão organizadora do Prêmio Libre pela Bibliodiversidade informa que a obra “Uma sociologia da edição independente” (número 7605, José Muniz) é a vencedora da edição 2018.

 

José de Souza Muniz Jr. é doutor em Sociologia, mestre em Ciências da Comunicação e bacharel em Comunicação Social-Editoração pela Universidade de São Paulo (USP). É professor e pesquisador do Departamento de Linguagem e Tecnologia e do bacharelado em Letras – Tecnologias da Edição do CEFET-MG, em Belo Horizonte.

INSCRIÇÕES ENCERRADAS

A Libre – Liga Brasileira de Editoras, entidade representantes das pequenas e médias editoras independentes do Brasil, em parceira com a AIEI – Aliança Internacional de Editores Independentes, tem a honra de lançar o 1º Prêmio Libre pela Bibliodiversidade, patrocinado pelas Bibliomundi e Meta Brasil, empresas que trabalham seriamente pelo progresso de nosso setor editorial.

O prêmio visa congratular um ensaio inédito acerca de temas relativos à bibliodiversidade, aqui entendida como um complexo e autossustentável sistema de contar e fazer circular histórias, escrever, publicar e de outras formas de produção da oratura e da literatura, em que a palavra contribua com um ecossistema social, diversificado e saudável.

Com essa iniciativa esperamos somar forças e prática ao cadeira do livro e da leitura. Contamos com a divulgação e participação máxima de vocês.

A inscrição para o Prêmio, incluindo o envio do arquivo, será virtual, no link: www.bibliodiversidade.bibliomundi.com

O formulário de inscrição encontra-se no anexo I do edital do prêmio.

Obras habilitadas

Edital de Abertura Retificado (08/06/2018)

Edital de Abertura Retificado (25/04/2018)

Edital de Abertura Retificado (02/03/2018)

Edital de Abertura Retificado (07/11/2017)

Edital de abertura (9/8/2017)

Cronograma:

ETAPA

DATA

Início das inscrições

10/08/2017

Encerramento das inscrições

15/05/2018

Divulgação das obras habilitadas

30/05/2018

Divulgação do resultado final

01/08/2018

Outras informações, acesse o edital.

Participem!

PROGRAMAÇÃO CASA LIBRE & NUVEM DE LIVROS NA FLIP 2017

CASA LIBRE & NUVEM DE LIVROS

DE 27 A 30 DE JULHO DE 2017

Rua da Lapa, 8 – Centro Histórico – Paraty – RJ

Quinta feira: a partir das 13h

Sexta e sábado: de 10h às 23h

 

QUINTA FEIRA 27 DE JULHO

13h – Os muitos caminhos para a leitura

Josélia Aguiar, Marifé Boix-Garcia, Volnei Canônica e apresentação de Raquel Menezes

15h – Lançamento: Aqui jazem romances, de Eduardo Frota, Ed. Jaguatirica + Lançamento: Jantar às 11, de Cristiano Deveras, Ed. Nova Alexandria

18h – Educação social e livros

Lázaro Ramos, Roger Mello e mediação de Mariana Warth

 

SEXTA FEIRA 28 DE JULHO

10h – Leitura do sagrado e da sociedade

Frederico Lourenço e mediação de Carlo Carrenho

11h – As mídias sociais e a formação dos leitores

Renata Nakano, Emília Nunes e Simone Monteiro

12h30 – Lançamento: A feira, de Adriana Armony, Ed. 7 letras

14h – Lançamento: Augusto Boal embaixador do teatro, de Anderson Zanetti, Estado, democracia, políticas públicas e direitos LGBT, de Marcio Sales Saraiva e Santificado seja vosso homem, de Luis Gustavo Rocha, Ed. Metanóia

16h – Leitura e comunidade

Thássio Ferreira, André Mansur e mediação de Valéria Martins

18h – Literatura no cárcere e direitos humanos

João Marcos Buch, Gabriel Lacerda e Alex Giostri

20h – PAINEL ESPECIAL ONU/CENTRO RIO+ Territórios criativos: A Baixada Fluminense

Yolly Amâncio, Da Gahma + Cine debate com o documentário da ONU “Baixada nunca se rende” e mediação de Layla Saad

SÁBADO 29 DE JULHO

11h – Blogsfera e livros mudam um sociedade em ponto de inflexão?,

Paulo Henrique Amorim e Mino Carta

12h – Lançamento: Eudora Trans, de Luiz Prata, Assexualidade em trânsito, de Luigi D’Andrea, Transfeminismo – teoria & prática e homofobia – identificar e prevenir, de Jaqueline Gomes de Jesus, Ed. Metanóia

14h – Lançamento: Negro amor, de Cristiane Sobral, Ed. Malê + Lançamento: Vida e Morte de M J Gonzaga de Sá de Lima Barreto, organização e comentários de Marcos Scheffel

16h – A crônica como convite ao leitor

Dedé Laurentino, Xico de Sá e mediação de Metthew Shirts

18h – Experiência e leitura

Conceição Evaristo, Cadão Volpato e mediação de Simone Magno

20h – Lançamento: Ponciá Vicencio e Becos da memória, de Conceição Evaristo, Ed. Pallas + Lançamento da cerveja Conceição Evaristo

CASA LIBRE & NUVEM DE LIVROS NA FLIP 2017

[av_textblock size=” font_color=” color=”]

A LIBRE – Liga Brasileira de Editoras, entidade representante das editoras independentes do Brasil, e a Nuvem de Livros, biblioteca virtual de acesso por assinatura que reúne títulos de inúmeras editoras e outros conteúdos, confirmam sua participação na 15ª edição da Festa Literária de Paraty – FLIP 2017, de 27 a 30 de julho de 2017, selando a bem sucedida parceria iniciada em 2014.
 
Em 2015, a Casa LIBRE & Nuvem de Livros é acolhida pela programação oficial e chega a 2017 com um histórico de três edições bem sucedidas. Desde o início, a casa consolida o compromisso de projetar questões demandadas pela atualidade, e o público comparece ao chamado para discutir tantos que são os pontos nevrálgicos que rodeiam a vivência em comunidade democrática.
 
Este ano, a programação reflete sobre o Sim, outro país é possível. E a leitura com isso?. Haverá mesas durante três dias de programação que dialoga sobre o papel e o lugar da leitura no projeto de desenvolvimento do país. Contaremos com as presenças ilustres de Conceição Evaristo, Xico de Sá e Paulo Henrique Amorim entre outros importantes nomes.
 
A leitura, como grande interrogação da Casa LIBRE & Nuvem de Livros na FLIP 2017, é o ponto chave para resistir à necessidade e à expectativa com o novo Brasil que a cada dia, a cada leitura nossa, é desenhado. Que haja consciência de quê e como lemos e de quanto vale nossa leitura [de palavras, de silêncios, de mundos, de vida] é o desejo da LIBRE e da Nuvem de Livros para os que adentrarem a casa.
 
Esperamos você lá!
Parceiros:

[/av_textblock]

Festas das editoras independentes no Jabuti

Livros premiados estão à venda na Primavera Literária, edição Rio de Janeiro, no Museu da República, até domingo

Seis editoras independentes associadas à Liga Brasileira de Editoras (Libre) foram agraciadas com o 57º prêmio Jabuti, o mais importante prêmio literário do Brasil — Alameda Casa Editorial, Cosac Naify, Pallas e Pallas Míni, Terceiro Nome e Balão Editorial. A cerimônia que anunciou os vencedores de 2015 aconteceu na última quinta-feira (3/12), no auditório do Ibirapuera, em São Paulo.
 
Publicado pela Alameda Casa Editorial, ‘A casa da vovó: uma biografia do DOI-Codi (1969-1991), o centro de sequestro, tortura e morte da ditadura militar’, do jornalista Marcelo Godoy, venceu como livro do ano, na categoria não ficção. ‘A casa da vovó’ é um livro-reportagem que mostra como operava o DOI-Codi, órgão de repressão para onde eram levados e onde sofriam torturas inimigos do regime durante a ditadura militar.
O Jabuti premia os três primeiros colocados em cada categoria. As editoras independentes também foram contempladas com os seguintes prêmios:
Contos e Crônicas – 2º Lugar – Dez Centímetros Acima do Chão – de Flavio Cafiero – Cosac Naify; 3º Lugar – Olhos D’água – de Conceição Evaristo – Pallas Editora. Gastronomia – 1º Lugar – Gente do Mar – Vida e Gastronomia dos Pescadores Brasileiros – de Ricardo Maranhão – Terceiro Nome. Ilustração – 2º Lugar – Lobisomem sem Barba – Ilustrador(a): Wagner Willian – Balão Editorial. Ilustração de Livro Infantil ou Juvenil – 1º Lugar – A Força da Palmeira– Ilustrador(a): Anabella López – Pallas Míni. Romance – 2º Lugar – Caderno de um Ausente – de João Anzanello Carrascoza – Cosac Naify.
 
A Primavera Literária vai até domingo (6/12), no Museu da República, com a participação de 100 editoras independentes, mais de 15 mil títulos à venda e descontos de até 50%. O horário é das 10h às 21h.

Festas das editoras independentes no Jabuti

Livros premiados estão à venda na Primavera Literária, edição Rio de Janeiro, no Museu da República, até domingo

Seis editoras independentes associadas à Liga Brasileira de Editoras (Libre) foram agraciadas com o 57º prêmio Jabuti, o mais importante prêmio literário do Brasil — Alameda Casa Editorial, Cosac Naify, Pallas e Pallas Míni, Terceiro Nome e Balão Editorial. A cerimônia que anunciou os vencedores de 2015 aconteceu na última quinta-feira (3/12), no auditório do Ibirapuera, em São Paulo.
 
Publicado pela Alameda Casa Editorial, ‘A casa da vovó: uma biografia do DOI-Codi (1969-1991), o centro de sequestro, tortura e morte da ditadura militar’, do jornalista Marcelo Godoy, venceu como livro do ano, na categoria não ficção. ‘A casa da vovó’ é um livro-reportagem que mostra como operava o DOI-Codi, órgão de repressão para onde eram levados e onde sofriam torturas inimigos do regime durante a ditadura militar.
O Jabuti premia os três primeiros colocados em cada categoria. As editoras independentes também foram contempladas com os seguintes prêmios:
Contos e Crônicas – 2º Lugar – Dez Centímetros Acima do Chão – de Flavio Cafiero – Cosac Naify; 3º Lugar – Olhos D’água – de Conceição Evaristo – Pallas Editora. Gastronomia – 1º Lugar – Gente do Mar – Vida e Gastronomia dos Pescadores Brasileiros – de Ricardo Maranhão – Terceiro Nome. Ilustração – 2º Lugar – Lobisomem sem Barba – Ilustrador(a): Wagner Willian – Balão Editorial. Ilustração de Livro Infantil ou Juvenil – 1º Lugar – A Força da Palmeira– Ilustrador(a): Anabella López – Pallas Míni. Romance – 2º Lugar – Caderno de um Ausente – de João Anzanello Carrascoza – Cosac Naify.
 
A Primavera Literária vai até domingo (6/12), no Museu da República, com a participação de 100 editoras independentes, mais de 15 mil títulos à venda e descontos de até 50%. O horário é das 10h às 21h.