Conheça aqui os autores que participam da Casa Libre e Nuvem de Livros na Flip

Conheça aqui os autores que participam da Casa Libre e Nuvem de Livros na Flip


Afonso Martin é pai e entusiasta das humanidades. Turismólogo formado pela PUC-SP, passou pela Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo e é empreendedor do livro na terceira geração de sua família. Acredita no poder transformador dos livros como pilar da formação intelectual do ser humano. Atualmente está Diretor-Presidente da Associação Nacional de Livrarias.


Alberto Schprejer é editor e dirige a Ponteio Edições. Anteriormente fundou e dirigiu a Relume Dumará de 1989 a 2006.


Ana Paula Abreu
 é pós-graduada em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas e atuou em áreas diversas antes de começar a escrever histórias infantis. Sempre adorou escrever e até já tinha escrito algumas histórias, mas acabaram ficando esquecidas na gaveta. Sua primeira publicação foi O Mistério da Sopa da Vó Leninha (Ed. Viajante do Tempo, 2014).


Ana Paula Ribeiro
 é cientista social formada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1999), com Mestrado em Ciências Sociais (UERJ, 2003) e Doutorado em Saúde Coletiva (IMS/UERJ, 2009).Tem experiência nas áreas de Antropologia e Metodologia da Pesquisa e atua nos seguintes temas: cinema, cidade, cultura afro-brasileira e políticas públicas.


Antônio Torres
 é autor de romances e contos que passeiam por cenários rurais, urbanos e da História. Condecorado como Chevalier des Arts et des Lettres pelo governo francês, em 1998, por seus livros traduzidos na França, em 2014 passou a ocupar a cadeira 23 da Academia Brasileira de Letras, cujo patrono é José de Alencar. 


Bruno Bimbi
 (37, argentino) é jornalista, mestre em letras e doutorando em estudos da linguagem (PUC-Rio). Ativista da Federação Argentina LGBT, atualmente mora no Rio de Janeiro, é correspondente do canal de notícias argentino TN, coordenador político e legislativo do mandato do deputado federal Jean Wyllys e integrante da executiva estadual do PSOL/RJ.


Carlos Alberto Dória
é doutor em sociologia pela Unicamp e pesquisador-colaborador do Departamento de Sociologia dessa instituição. Em 2006, ganhou o prêmio Best Food Literature Book in Brazil, concedido pelo Gourmand World Cookbook Award, pelo livro Estrelas no céu da boca: escritos sobre culinária e gastronomia, publicado pela Editora Senac São Paulo. Dedica-se a ensaios críticos nas áreas de cultura, publicados mensalmente pela revista eletrônica Trópico. 


Castilho
 é doutor em Filosofia pela Universidade de São Paulo, professor da Unesp e exerce, desde 1988, funções de direção editorial junto à Editora UNESP.


Chico Alencar 
está no mundo desde meados do século passado. Carioca, filho de piauiense e paulista, é pai de Emanuel, Ana, Lia e Nina, e avô de Tom. Exerceu mandatos parlamentares pelo PT e PSOL e atualmente é deputado federal.


Claudia Nina 
é jornalista, doutora em Letras pela Universidade de Utrecht, na Holanda, e autora de oito livros. Atualmente assina uma coluna de crônica na Revista Seleções (Reader´s Digest) chamada Papo de livro.


Claufe Rodrigues
 é poeta, jornalista, compositor e produtor cultural. Atualmente, trabalha como repórter e editor do programa GloboNews Literatura.


Clovis Levi
é autor de três livros publicados em Portugal: “O Beco do Pânico”, que recebeu o Selo de Recomendação do Plano Nacional de Leitura; “A cadeira que queria ser sofá”, vencedor do Prêmio Nacional de Ilustração (ilustradora Ana Biscaia); e a peça teatral “A fantástica aventura do devasso que virou santo” – sobre Santo Agostinho.


Conceição Evaristo
nasceu em Belo Horizonte, MG, em 1946, reside no Rio  de Janeiro, desde 1973. É doutora em Literatura Comparada pela UFF. Estreou na literatura em 1990, na série Cadernos Negros – antologia anual editada pelo grupo Quilombhoje, de São Paulo.


Dau Bastos 
nasceu em 1960, na cidade de Maceió. Entre seus livros encontram-se os romances Das trips, coração, Snif, Clandestinos na América, Reima e Mar Negro, a tese Céline e a ruína do Velho Mundo e a biografia intelectual Machado de Assis – num recanto, um mundo inteiro. É professor de Literatura Brasileira na UFRJ, onde mantém a oficina Contos do Fundão e edita a revista virtual Fórum de Literatura Brasileira Contemporânea.


Guilherme Preger
, natural do Rio de Janeiro,  é escritor e engenheiro. Trabalha em Furnas Centrais Elétricas como engenheiro eletricista. É pai de Mateus, de 16 anos, e reside no bairro da Glória no Rio de Janeiro.


Joana Monteleone é doutora em História pela Universidade de São Paulo e editora da Alameda desde 2002.


Luis Maffei
é poeta e professor de Literatura Portuguesa da UFF. Pelo conjunto da obra, foi um dos contemplados com o prêmio Icatu de Artes – Literatura, em 2013. É Pesquisador Jovem Cientista do Nosso Estado (FAPERJ).


Madalena Vaz Pinto
é portuguesa e mora há muitos anos no Brasil. É professora da Faculdade de Formação de Professores da UERJ, em S. Gonçalo, e diretora do Centro de Estudos do Real Gabinete Português de Leitura. Além das atividades que desenvolve na universidade, em torno sobretudo da literatura, moderna e contemporânea, tem interesse em filosofia, artes plásticas e temas da atualidade.


Marcelo Godoy
é jornalista e atualmente é o subeditor da seção Metrópole do jornal O Estado de S. Paulo. Passou pelos jornais Folha da Tarde e Folha de S. Paulo, sempre atuando como repórter das editorias de cidades.  É o autor de A Casa da Vovó, uma biografia do DOI-Codi (1969-1991), o centro de sequestro, tortura e morte da ditadura militar.


Marcelo Reis de Mello
é poeta, tradutor e um dos editores da Cozinha Experimental. É mestre em Literatura Brasileira pela UFF e doutorando em Literatura Comparada na mesma instituição. Trabalha atualmente como professor de língua portuguesa e literatura brasileira no Colégio de Aplicação da UFRJ.


Maria Alice Rezende Gonçalves
é doutora em Saúde Coletiva pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia das Populações Afro Brasileiras e Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: educação, políticas públicas, ensino superior, cidadania e cultura afro-brasileira.


Maria Rita Kehl
é psicanalista, doutora em Psicanálise pela PUC-SP, também é ensaísta e jornalista. É autora de vários livros e em 2013 recebeu o prêmio do “Movimento Humanos Direitos” (MHuD), no Rio de Janeiro, por seu capítulo sobre camponeses e indígenas no relatório da Comissão da Nacional da Verdade.


Nathalia Alvitos
, de 31 anos, é formada em jornalismo pela PUC-Rio e se especializou em Segurança Pública com cursos em Israel e Rio de Janeiro. Trabalhou na Rede Globo, Rede Bandeirantes e Rede Record, nesta última atuou como repórter policial.


Orlando Zaccone
é delegado, formado em jornalismo e direito,  e também um dos membros-fundadores da seção brasileira da LEAP (Law Enforcement Against Phroibition, ONG americana formada por agentes da lei contra o proibicionismo). 


Raquel Menezes
, editora da Oficina Raquel, foi eleita presidente da LIBRE para o biênio 2015-2017. Desde 2013 integra a diretoria da entidade.  É formada em Letras pela UFRJ, onde atualmente cursa o Doutorado em Literatura Portuguesa. É também editora da Pequena Morte (www.pequenamorte.net), revista de literatura e cultura, fundada em 2005.


Roberto Bahiense é formado em dministração de Marketing pela Fundação João Pinheiro e pela Graduate School of Business Columbia University e em Sociologia do Cinema na Ecole Practique dês Hautes Études, Sorbonne, Paris. Possui especialização na AC&R Advertising Inc. N. Y.; Diener/Hauser/Bates Co. Inc. N. Y. e Dancer, Fitzgerald & Sample, N. Y. Dirigiu importantes agências de publicidade e jornais brasileiros. É CEO da Nuvem de Livros.


Senadora Fátima Bezerra é professora e pedagoga. Iniciou sua trajetória política quando era estudante na Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Filiada ao PT desde 1981, é senadora pelo Rio Grande do Norte. Em 2015 assumiu a vice-presidência da Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado.


Suzana Vargas
é poeta, autora de literatura infantil e juvenil, ensaísta, professora de literatura, Mestre em Teoria Literária  pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Há mais de 20 anos, faz a curadoria de importantes projetos  literários para feiras e eventos nacionais e internacionais.


Vanessa Rosa
é uma artista carioca nascida em 1990, graduada em 2012 em História da Arte na UERJ. Como uma pessoa apaixonada tanto por desenhar quanto pela teoria, Vanessa cria projetos que misturam interpretações históricas ou filosóficas com desenhos e pinturas de pessoas comuns. Atualmente, continua com projetos de arte em espaços públicos, além de trabalhar como ilustradora e artista visual em diversos projetos


Zé Luiz Rinaldi
é poeta, compositor e diretor. Doutor em Filosofia pela UFRJ, Rinaldi pesquisa múltiplas interações entre a música, a palavra e a cena, orientado pela investigação poética da arte e do homem.

webmaster@criatudo.com.br

Os comentários estão fechados.