Cosac Naify reedita obra completa de Murilo Mendes

Cosac Naify reedita obra completa de Murilo Mendes

A Cosac Naify vai reeditar a obra completa – poesia e prosa – de um dos mais importantes escritores brasileiros, Murilo Mendes (1901 – 1975). O primeiro título a sair é uma nova antologia poética, em agosto, compilação inédita organizada por Júlio Castañon Guimarães, da Fundação Casa de Rui Barbosa, no Rio de Janeiro, e Murilo Marcondes de Moura, professor de literatura brasileira na Universidade de São Paulo. Em setembro, chegam às prateleiras Poemas (1930) e o livro de memórias A idade do serrote (1968). Em outubro sai o volume de poesia Convergência (1970).

A coordenação editorial está a cargo de Milton Ohata e Heloisa Jahn. Os editores contam com a colaboração dos dois mais renomados especialistas na obra do Murilo Mendes: Júlio Castañon Guimarães e Murilo Marcondes de Moura.

A publicação dos títulos vai contemplar tanto o leitor que trava um primeiro contato com o autor quanto o leitor que busca um contato mais aprofundado com sua produção. A base comum das edições é um texto cuidadosamente estabelecido acompanhado de aparatos críticos que ampliem os níveis de leitura, assim como um “sobre o autor” com bibliografia completa e, eventualmente, uma pesquisa iconográfica que enriqueça visualmente a edição.

Os herdeiros de Murilo Mendes são representados pela Agência Riff.

webmaster@criatudo.com.br

Deixe uma resposta