Editais do ProAC destinados à literatura oferecem R$ 1,75 milhão

Editais do ProAC destinados à literatura oferecem R$ 1,75 milhão

Quer escrever um livro, publicar uma obra, desenvolver atividades de estímulo à leitura ou, até mesmo, modernizar uma biblioteca municipal? Então aproveite, pois a Secretaria da Cultura lançou sete editais destinados à literatura, por meio do ProAC Editais (Programa de Incentivo à Cultura do Governo do Estado de São Paulo). Será investido R$ 1,75 milhão dividido em 60 projetos destinados ao segmento, um aumento de R$ 700 mil em relação ao valor disponibilizado no ano passado. As inscrições ficam abertas até o fim deste mês de setembro – os dias variam de acordo com cada edital.

Os editais vêm com uma série de mudanças. Um novo concurso contemplará projetos que visem modernizar bibliotecas públicas municipais. Os interessados devem apresentar propostas que incluam, por exemplo, serviços especializados para atendimento a idosos e/ou pessoas com deficiência, criação e/ou aprimoramento de área infantil, serviços de acesso à internet para a comunidade, entre outros. Os cinco selecionados receberão R$ 50 mil, cada, para a realização do projeto.

A criação literária no Estado também receberá apoio. Neste ano, os editais para criação literária foram separados por gênero. Literatura infanto-juvenil e poesia terão incentivo financeiro no valor de R$ 10 mil para cada projeto, sendo cinco premiados em cada estilo. No caso da prosa, serão contemplados 15 projetos, que vão receber R$ 10 mil cada um.

Serão mantidos os concursos de apoio à Publicação de Coleção de Obras Inéditas e de Estímulo à Leitura em Bibliotecas Municipais, assim como Criação e Publicação de Histórias em Quadrinhos. Nos dois últimos casos houve suplemento de verba, sendo que neste ano serão escolhidos 15 projetos no segmento de Histórias em Quadrinhos, com prêmio individual de R$ 40 mil. Para atividades de estímulo à leitura serão selecionados 10 trabalhos, com incentivo de R$ 40 mil para cada.

Todos os projetos serão avaliados por uma comissão composta por especialistas em literatura. Dos selecionados, no mínimo 20% deverão ser de proponentes residentes fora da capital paulista.

É importante destacar também que os projetos executados com apoio do ProAC devem oferecer contrapartidas sociais, com o objetivo de facilitar o acesso do público ao produto desenvolvido. No caso de livros, uma quantidade de volumes definida em cada edital deve ser doada para a Biblioteca de São Paulo. Outra opção é realizar atividades em bibliotecas públicas, oferecer atrações gratuitas ou ações que promovam a acessibilidade comunicacional ao conteúdo dos bens culturais produzidos.

Clique aqui para acessar os editais e conferir os prazos de inscrição.

ProAC Editais
Em 2013, o ProAC Editais recebeu suplementação de 20% em seu orçamento, equivalente a R$ 5 milhões, totalizando verba de R$ 30 milhões para o ano. Com este acréscimo, o programa deve atender cerca de 400 projetos em todo o Estado de São Paulo, em diversas expressões artísticas.

(Fonte: Assessoria de imprensa – Secretaria da Cultura SP)

webmaster@criatudo.com.br

Deixe uma resposta