Editora Revan lança livro sobre síndrome de down

Editora Revan lança livro sobre síndrome de down

“O ruim de ter Síndrome de Down é que, no dia em que você nasce, seus pais ficam um pouco tristes…, o bacana é que, depois desse dia, não voltam a ficar tristes nunca mais”.  Essa fala é do menino Blo, a personagem principal da obra “Downtown”, uma história em quadrinhos espanhola, que será lançada pela primeira vez no Brasil no mês de março, pela Editora Revan.

O livro, traduzido do espanhol por Michelle Strzoda, conta a história de “Blo” e seus amigos, todos crianças com Síndrome de Down. Através de seu olhar, os amigos inseparáveis conseguem mostrar uma realidade sem preconceitos, destacando as diferentes personalidades e gostos de cada um, tudo de forma leve e engraçada, despertando, assim, muitas gargalhadas.

O humor da tirinha criada pelos espanhóis Rodrigo García Llorca e Noël Lang busca, no entanto, ir muito além das brincadeiras. Ele tem por fim promover, na sociedade, um olhar livre de preconceitos e estereótipos. Essa proposta permite assim, segundo os autores, que ocorra não só uma desdramatização da Síndrome de Down, como também a inclusão e a quebra de tabus e preconceitos em torno dessa deficiência.

“O humor é o caminho mais rápido para transmitir uma mensagem, além de nos conectar facilmente com as pessoas. Uma pessoa é bem vista quando ela nos diverte e nos faz rir, por isso cremos que integrar “Blo” e seu grupo através do humor é mais eficaz que faz que fazê-lo com um tom sério ou mais institucional”, diz Lang.

A história
A ideia de criar “Downtown” surgiu da própria experiência de vida de Lang. Por ter crescido em contato com seu tio Pablo, que tem Síndrome de Down, o autor conseguiu captar o humor do tio, que vivia contando piadas, o que acabou sugerindo o estilo cômico do livro. “Quem tem um familiar com Síndrome de Down tem piadas super divertidas. Nossa intenção é conta-las a partir do ponto de vista deles e sua maneira muito simples de ver as coisas”, explica.
Já o titulo do livro, “Downtown”, tem como origem o nome de um dos discos da cantora Petula Clark, objeto de afeto de “Blo” na história. Na tirinha, “Blo” tem apego especial pelo disco, levando-o para todos os lugares, o mesmo que fazia o tio de Lang. “Isso era algo que Pablo fazia. Ele não largava nunca de alguns objetos”, conta.

As personagens
A tira conta as aventuras de “Blo”, um garoto que gosta de ir à escola e que, aos domingos, com seus amigos, sonha em ser astronauta e jogador de futebol: “Bibi”, que é a namorada de Blo; seu melhor amigo “Miguelote”, um rapaz grande e gordinho, que tenta fugir sempre que a brincadeira envolve fazer exercícios físicos; “Ruth”, a menina popular da escola, que sonha em ser famosa, ter um carro cor de rosa e um namorado com uma moto; e Benjamín, o protegido por todos por sofrer de tricotilomania, o hábito de arrancar os cabelos sempre que se sente nervoso ou estressado.

webmaster@criatudo.com.br

Os comentários estão fechados.