Editoras universitárias apresentam livros para pesquisadores na Bienal do Rio

Editoras universitárias apresentam livros para pesquisadores na Bienal do Rio

Cinquenta e cinco das 115 editoras filiadas à Abeu (Associação Brasileira das Editoras Universitárias) participam da 16ª Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, aberta no último dia 29 de agosto e com encerramento marcado no próximo domingo (8/9).

Para a psicóloga e advogada Claudia Pardellas, o estande da associação atendeu à sua necessidade. “Eu estava procurando um livro da Leila Maria Torraca de Brito. Ela é da área de psicologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e vão abrir inscrições para mestrado agora, no dia 23. Eu pretendo me inscrever no mestrado e quero ler alguma coisa dela, porque tenho interesse na sua linha de pesquisa”, disse Claudia.

No estande são encontrados livros científicos, sendo a maior parte resultado de pesquisa acadêmica, informou o secretário executivo da entidade, Rubens Mandelli Nery. Só para se ter uma ideia da produção das editoras associadas à Abeu, foram publicados cerca de 2,5 mil novos títulos em 2012, disse Nery.

Ele acredita que o que atrai mais o público no estande das editoras universitárias é o diferencial. “Não é um livro que se encontra facilmente nas livrarias. O acesso ao conhecimento produzido pelas universidades é o nosso diferencial”.

Para Rubens Mandelli Nery, a receptividade do público é muito boa. “Muita gente acaba aguardando as bienais para comprar esses livros, porque o acesso a algumas editoras não é tão simples. A bienal é uma forma de contato com essas publicações”. Em média, 40 a 50 editoras universitárias participam do estande coletivo nas bienais do Rio de Janeiro e São Paulo.

Serviço social, intolerância religiosa e estudos literários são alguns temas dos livros lançados na Bienal do Livro do Rio deste ano pelas editoras universitárias.

(Fonte: Agência Brasil/ Foto: Abr)

webmaster@criatudo.com.br

Deixe uma resposta