I Feira de Livros de Osasco é evento inovador

I Feira de Livros de Osasco é evento inovador

Por iniciativa da Prefeitura de Osasco, a cidade da região metropolitana de São Paulo ganha, neste ano de 2011, um evento exclusivo. Trata-se da primeira FLO – Feira do Livro de Osasco.

O evento é único não apenas porque coloca o livro no centro da vida cultural da cidade por uma semana inteira, com uma programação intensa e eclética, que une a leitura a outras artes, em especial à música e ao teatro. Ele também é corajoso e inovador porque, num tempo em que a pasteurização do best-seller ocupa quase todos os espaços nas livrarias, nas grandes bienais do livro e até nas compras governamentais, Osasco optou pelo modelo independente da Primavera dos Livros.

Surgida em 2001, no Rio de Janeiro, com algumas edições na capital de São Paulo, a Primavera é uma resposta de alguns dos melhores editores do país ao modelo de literatura "hollywoodiana". As editoras que dela participam estão organizadas em torno da Libre – Liga Brasileira de Editores – e têm o orgulho de exibir catálogos fortes, consistentes, fundados ao mesmo tempo na especialização e na diferença.

Essa feira "diferente" sempre promoveu os livros com entrada franca e espaço igualitário para as editoras participantes.

Osasco apostou nesse modelo, uma feira que divulga a cultura e a liberdade, apoia a preservação e a ampliação da bibliodiversidade, num projeto que dá força à leitura, à reflexão e à democracia.

A Feira do Livro de Osasco homenageia, em sua primeira edição, a autora Tatiana Belinky, que ajudou milhares, talvez milhões, de crianças a gostarem do livro e da leitura.

Este evento inovador, pela primeira vez realizado fora de uma capital, não seria possível sem o interesse e o engajamento da Prefeitura de Osasco, em especial das secretarias de Educação e de Cultura da cidade.

A Libre e os editores independentes do país estão em festa pelo acontecimento.

Haroldo Ceravolo Sereza
Presidente Libre 

webmaster@criatudo.com.br

Deixe uma resposta