Metade das editoras finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura é da Libre

Metade das editoras finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura é da Libre

O Prêmio São Paulo de Literatura 2009 selecionou 20 livros, que vão concorrer a R$ 200 mil, em duas categorias: Melhor Livro do Ano (2008) e Autor Estreante. Entre os finalistas, um total de oito editoras, metade delas associadas à Libre-Liga Brasileira de Editoras e responsável pelo lançamento de 30% dos títulos. Os vencedores serão anunciados no dia 3 de agosto no Museu da Língua Portuguesa. Durante este mês de julho, a Secretaria Estadual de Cultura, que promove o prêmio, realiza um ciclo de encontros com autores das obras finalistas em vários pontos da cidade.

Confira os títulos e editoras da Libre indicados: "O Ciclista" (Walther Moreira Santos) e "Peixe Morto" (Marcus Vinicius de Freitas), da Autêntica Editora; "Nunca o Nome do Menino" (Estevão Azevedo), da Terceiro Nome; "Imóbile" (Javier Arancibia Contreras) e "Rita no Pomar" (Rinaldo Fernandes), da 7Letras; e "O Mundo Segundo Laura Ni" (Maria Cecília Gomes dos Reis), da Editora 34.

webmaster@criatudo.com.br

Deixe uma resposta