Prêmio Portugal Telecom – associadas classificadas

Prêmio Portugal Telecom – associadas classificadas

As editoras associadas à LIBRE participam com nove (ou cerca de 20%) dos 50 títulos classificados, entre os 501 inscritos, para o Prêmio Portugal Telecom. Em setembro, serão indicados os dez finalistas, dos quais sairão os três vencedores (R$ 100 mil para o primeiro lugar, R$ 35 mil para o segundo, e R$ 15 mil para o terceiro).

Os selecionados da LIBRE que estão na disputa são:
da 7Letras, "A fábrica do feminino" (Paula Glenadel), "Circenses" (Alkmar Santos) e "Todos os cachorros são azuis" (Rodrigo Souza Leão); da Editora 34, "Como se caísse devagar" (Annita Costa Malufe); da Nankin, "Noite nula" (Carlos Felipe Moisés); da Iluminuras, "Ó" (Nuno Ramos); da Cosac Naif, "O livro amarelo do Terminal" (Vanessa Barbara) e "Satolep" (Vitor Ramil); da Língua Geral, "Predadores" (Pepetela).

webmaster@criatudo.com.br

Deixe uma resposta