Primavera dos Livros lança programação especial para lembrar os 50 anos do Golpe

Primavera dos Livros lança programação especial para lembrar os 50 anos do Golpe

Com o objetivo de estimular a reflexão sobre o período em que o Brasil enfrentou a ditadura militar, a  Primavera dos Livros São Paulo 2014 organizou uma série de atividades especiais sobre o Golpe de 1964.

"Os editores brasileiros, e os editores independentes em particular, tiveram um papel fundamental na construção de um país democrático após o fim da ditadura, em 1985", afirma Haroldo Ceravolo Sereza, presidente da Libre. "Assim, debater os 50 anos do golpe de 1964 é, para nós, não só um dever, como uma homenagem ao papel desses editores no processo que permitiu aprofundar as discussões sobre os país que rejeitou as ideias da força e prioriza hoje a força das ideias."

O evento contará com debates, mesas redondas e a exibição gratuita de um documentário que trata do tema.Confira a programação especial da Primavera dos Livros "50 anos do Golpe":

Quinta-feira – 10/04

Auditório da Biblioteca Mário de Andrade
17h30/19h30 – Exibição do documentário “O dia que durou 21 anos“
Pequi Filmes

20h00/22h00 – Democracia na história
Com Quartim de Moraes, Milton Pinheiro e Paulo Arantes

Domingo 13/04

Palco da Bibliodiversidade
18h00/19h00 – Ditadura no Brasil: repressão às organizações e aos trabalhadores
Com Joana Monteleone, Marcelo Godoy, Álvaro Bianchi e Adriano Diogo (Deputado Estadual/Comissão da Verdade do Estado de São Paulo “Rubens Paiva”)

20h00/21h30 – Música de Protesto na Ditadura Militar
Com Big Band Villa-Lobos

Serviço
Primavera dos Livros SP 2014
Data: 10 a 13 de abril de 2014
Horário: das 9h às 21h
Local: Praça Dom José Gaspar – República – São Paulo SP
Grátis.

Leia mais:
Veja aqui a programação completa da Primavera dos Livros SP 2014
Primavera dos Livros chega a São Paulo
Primavera dos Livros faz parceria com Paribar para promover lançamentos
Três shows integram a programação da Primavera dos Livros
Bate-Papo “Sabotage” faz homenagem ao rapper paulista na Biblioteca Mário de Andrade

webmaster@criatudo.com.br

Deixe uma resposta