Salão do Livro recebe mais de 125 mil pessoas

Salão do Livro recebe mais de 125 mil pessoas

Terminou neste domingo (21/9), o Salão do Livro de Guarulhos: cidade amiga da leitura. A 4ª edição do Salão, que se consagrou como um dos maiores eventos literários da Grande São Paulo aconteceu no Ginásio Paschoal Thomeu, o Thomeuzão, no Bom Clima.

Com stands de diversas editoras, palestras, bate papo com escritores, mesas redondas, cafés filosóficos e literários e muitos shows o salão recebeu cerca de 125 mil pessoas em 10 dias.

Com o tema “Soy loco por ti América”, a 4ª edição do Salão, que homenageou o escritor colombiano Gabriel García Márquez, contou com a participação de mais de 60 editoras, como Brinque Book, Moderna, Rocco, Cortez, Melhoramentos, o que possibilitou ao público o contato com lançamentos recentes de grandes obras literárias do Brasil e do mundo.

Além de escritores brasileiros como Ignácio de Loyola Brandão, Cadão Volpato, Ruth Rocha, Roberto DaMatta, Luiz Ruffato, Pasquale Cipro Neto e Alice Ruiz, esta edição do Salão do Livro também contou com a participação de grandes nomes da literatura estrangeira como António Skármeta [Chile], Soleida Ríos [Cuba], Tereza Cárdenas [Cuba] e Jamila Medina[Cuba].

O aspecto internacional do Salão também pode ser observado na música, com shows memoráveis de artistas latino americanos como Lisandro Aristimuño [Argentina] e Ana Tijoux [Chile], além dos brasileiros BNegão, Marcelo Jeneci e da Banda Panamericana, que executou hits do rock nacional, como Tempo Perdido, Que País é este? [Legião Urbana], Flores [Titãs], Trac Trac [Paralamas do Sucesso] e Maior Abandonado [Barão Vermelho], além de releituras de clássicos do pop-rock uruguaio e argentino.

Como parte da política de incentivo à leitura, cerca de 25 mil alunos e aproximadamente 6 mil professores da Rede Municipal foram beneficiados com Vale-Livro e Credilivro, que puderam ser utilizados na compra de obras disponíveis no evento. As obras disponíveis para os alunos, como Flicts de Ziraldo, foram pré-selecionadas pela Secretaria de Educação.

“O Salão é positivo porque as editoras trouxeram materiais que contribuem com a prática da sala de aula, renovando nosso entendimento e permitindo novos olhares”, comentou a professora especialista em Artes Ednéia Carvalho de Moraes, ao adquirir um exemplar da obra Parque de Diversões, de Michael Leblon e Frederique Bertrand, na Editora CosacNaify.

Nesta edição, as atividades aconteceram em sete espaços que homenagearam renomadas personalidades brasileiras e latino-americanas como Pablo Neruda, Simón Bolívar, Rubem Alves, Ariano Suassuna, João Ubaldo Ribeiro e Tatiana Belinky.

O encerramento foi feito pela Banda Panamericana, formada pelos músicos Dado Villa Lobos [Legião Urbana], Charles Gavin [Titãs], Toni Platão [Hojerizah] e Dé Palmeira [Barão Vermelho].

O Salão do Livro é uma ação da Prefeitura de Guarulhos em parceria com a Libre que tem por objetivo incentivar a leitura e aproximar os autores do público, em especial crianças e adultos da comunidade em geral, contribuindo para melhorar a qualidade social da Educação na cidade.

webmaster@criatudo.com.br

Os comentários estão fechados.